Gosto de atender crianças. Posso me certificar nessa área?

Tem pessoas que nascem com o dom de trabalhar com crianças. Por isso, transformam essa habilidade em uma profissão. Mas muitas vezes não fazem uma faculdade de Pedagogia, por exemplo. Então, ficam sem um certificado no currículo. No entanto, se você tem o gosto de atender crianças e já possui experiência, pode aproveitar e tirar sua Certificação por Competência. Saiba mais ao longo deste artigo.

Em primeiro lugar, é bom lembrar que trabalhar com crianças em escolas de educação infantil e de ensino fundamental exige algumas qualidades, como:

  • ser atencioso;
  • ter zelo pelas crianças;
  • entender um pouco de primeiros socorros;
  • ser paciente.

Mas, acima de tudo, é importante ensinar pelo exemplo. Afinal de contas, nenhum pai ou mãe confia em deixar seu filho com uma pessoa que fuma, que fala palavrão ou é destemperada no trato com as crianças.

Você já deve ter visto, por exemplo, denúncias de maus-tratos em creches e de babás, não é mesmo? Portanto, é importante trabalhar até mesmo o seu marketing pessoal para lidar com os clientes (se você for autônoma) ou com os chefes (se você trabalhar com carteira assinada).

Desse modo, veja a seguir em quais áreas você pode conquistar um certificado para valorizar e agregar valor ao seu currículo e ao seu histórico profissional.

Em quais áreas posso obter meu certificado por competência?

Antes de mais nada, é bom falarmos sobre o que é o certificado por competência.

Ele é um procedimento reconhecido pelo artigo 41 da Lei Federal 9.394/96 que certifica as pessoas que já têm experiência no mercado. Assim, essas pessoas não precisam passar por um curso para, ao final, obter o certificado de conclusão. Basta, portanto, realizar uma entrevista e uma prova.

Se o indivíduo passar na avaliação significa que ele conhece bem a área em que atua, não é mesmo? Só para registrar, o processo é destinado para áreas do conhecimento de ensino fundamental e médio. Já que as profissões que exigem diploma têm que passar pela faculdade mesmo.

Então, vamos lá às áreas para você que está pensando: “gosto de trabalhar com crianças e quero me capacitar”.

Siga os exemplos:

  • auxiliar de recreação;
  • educador social;
  • inspetor de alunos;
  • monitor de alunos;
  • babá;
  • orientador sócio-educativo.

Bacana, não é? Viu quantas áreas você pode se certificar? Mas você deve estar se perguntando: “por que eu preciso de um certificado?”. Nesse sentido, veja as vantagens de ter um:

  • mais reconhecimento;
  • tem maior peso no currículo;
  • possibilidade de aumentar o salário;
  • chance de conquistar uma promoção;
  • ser um pontapé inicial para um curso.

Quem tem autorização para emitir a certificação?

Os cursos profissionalizantes são considerados cursos livres. Portanto, não precisam da permissão do MEC (Ministério da Educação). Contudo, a instituição, sim, deve ser credenciada nos órgãos superiores.

Por isso, o Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP) é autorizado a emitir certificados por competência. Já são 26 anos capacitando a mão de obra brasileira.

Para concluir, quem fala “gosto de atender crianças” e deseja valorizar ainda mais a sua profissão deve contar com um certificado nas mãos. Afinal de contas, isso demonstra o quanto você é qualificada para as vagas que vão aparecer.

E, então, quer conhecer melhor a Certificação por Competência? Continue acompanhando nosso blog. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *